Curiosidades, Enogastronomia //

A tradicional pesca do polvo em Bari

Texto e fotografias M. Cristina Recchia

Muitas tradições fazem parte do quotidiano italiano.

De norte a sul, cada  cidade possui as suas  especialidades gastronomicas que são cultivadas por anos, séculos, seguidas de gerações em gerações.

Em Bari, una delas é quase um culto, uma busca de perfeição na preparação do polvo.🐙

Nas manhãs de mar calmo, é fácil encontrar os barcos âncorados, descarregando quilos de polvo de todos tamanhos, e os clientes que quase sempre estão ali, esperando e observando com calma o trabalho dos pescadores.

Na Puglia,  existem tantas variedades de pratos mas o “panino con polpo” (paozinho com polvo) é uma daquelas tradições que não dá para passar batido.

O interessante é que depois da sua pesca, o polvo recebe um tratamento para ficar macio em qualquer especialidade que seja preparado.

Este tratamento aqui é chamado de “arricciare il polpo” (enrolar o polvo).

 

Praticamente,  depois da pesca, o polvo é limpado e  batido várias vezes contra uma rocha nas proximidades do mar.

Com isso as fibras dos tentáculos amolecem.

Mas não para por aqui!

Em seguida, o polvo é batido com uma tábua de Madeira e para finalizar, ele será colocado dentro de um balde com a água do mar e chacoalhado por muito tempo até se enrolar como na foto.

Existem muitos pratos a base de polvo: molhos, saladas, na brasa, frito ou simplesmente cru.

No verão, algumas cidades comemoram a “sagra del polpo” que é a Festa do Polvo, onde a cidade é enfeitada e várias Barracas que preparam especialidades são montadas para satisfazer todos os amantes desta gastronomia peculiar.

A Sagra mais renomada é a da cidade Mola di Bari no mês de julho.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *