espaço do leitor //

Roteiro de 15 dias em Puglia

Texto e fotografias de Emilia Giovannone

Postar esse artigo para mim tem um sabor diferente porque logo que comecei a divulgar meu novo trabalho a Emília me procurou dizendo-me que viria em julho/17 para a Puglia. Ela, então, já tinha tudo muito bem planejado. A viagem dela foi fantástica e durou 15 dias entre a Puglia e algumas cidades da Basilicata que se encontram na divisa dessas duas regiões. Vale a pena levar em consideração o roteiro da Emília, descubra o porquê:

“Quando pensei em fazer uma viagem à  Puglia, lembrei do tio do meu marido, Nicolau Stella cuja família era de Polignano a Mare local onde ele passou a infância e também de minha tia Antonia que falava sempre de Monopoli, cidade onde nasceu.

Assim decidimos fazer uma viagem e pesquisando sobre a Puglia, vi que a sobrinha da minha tia, a Maria Cristina Recchia estava fazendo um BLOG www.vem prapuglia.com, e então resolvi entrar em contato pelo Facebook fazendo milhões de perguntas e tirando dúvidas sobre aonde seria legal ir para passear, almoçar,  estradas,  etc..

Quando chegamos em Bari ficamos no Hotel Adria, perto da estação de trem e perto do centro histórico. Passeamos, visitamos  a Igreja de San Nicola e almoçamos em uma Osteria, frutos do mar e orecchietti, massa típica da região.

 

 

Ao pegarmos o carro na Budget em frente ao nosso hotel, seguimos para Polignano, cidade maravilhosa e encantadora, ficamos no B&B Frugis perto do centro, encontramos a Cris no final da tarde e foi muito bom reencontrá-la depois de quase 40 anos! Ela nos levou para conhecer toda a cidade explicando em pormenores os locais e sua história. Jantamos uma pizza deliciosa na companhia de seu marido e os dois filhos. Em seguida, eles nos levaram até a Gelateria Bella Blu para experimentar o “espressino freddo”  e nos despedimos pois no dia seguinte seguiríamos viagem.

 

 

 

 

Por volta da hora do almoço seguimos para Monopoli e nos hospedamos no charmoso Hotel e Masseria Torrepietra que é afastado do centro mas localizado na estrada que leva à Grotte de Castellana, uma das nossas principais metas! Lá fizemos um passeio fantástico de 3 quilômetros que durou 2 horas.

 

 

Voltamos para Monopoli e fomos passear no seu grande centro histórico com direito a happy hour de vinho com taralli.

 

 

No dia seguinte, depois do café da manhã fomos para Alberobello e chegando lá  parecia que estavamos  sonhando pois a cidade é diferente de tudo que podiamos imaginar, suas casas e telhados  típicos.  Almoçamos em um restaurante típico chamado  Trulli Antico  com ótima comida e outro detalhe importante é que a experiência de dormir num trullo não tem preço! Recomendo  “Trulli & Puglia”.

 

 

Era o 4° dia na Puglia e os dias eram sempre quentes e ensolarados. O nosso destino agora era Ostuni a Cittá Bianca (cidade branca) porque todo seu centro histórico é pintado de branco. Paramos para almoçar e passear na cidade.

 

 

Dali seguimos para Lecce e nos hospedamos no Hotel PatriaPalace que se localiza passando a Porta Napoli no centro histórico da cidade e próximo as ruinas do anfiteatro romano e da Basilica di Santa Croce. Visitamos diversas igrejas que chamou a nossa atenção pelo seu conteúdo arquitetônico. Valeu a pena visitar Lecce!

 

 

Continuando nosso trajeto, no dia seguinte pegamos a estrada Tangencialli Lungomare para Otranto e ficamos encantados com a cor do mar e o Castelo Aragonese com a Muralha defensiva a beira mar. Visitamos a Cattedrale Santa Maria Annunziata do século XI com seu piso mosaico.

 

 

 

Na manhã seguinte nosso destino era Santa Maria de Leuca, a última cidade do sul da Puglia. Passamos por Porto Badisco e na cidade de Santa Cesarea Terme deixamos nossas  malas no “Grand Hotel Mediterraneo” e seguimos em direção à Leuca. Lá caminhamos a beira mar seguindo as várias grutas escavadas ao longo do litoral com seu mar azul profundo onde vimos a Grotta Sophia, na segunda foto, e visitamos a Igreja Santa Maria de Leuca.

 

 

 

No farol de Leuca, além da linda paisagem, havia um mercadinho de artesanatos com diversos produtos e objetos típicos da região.

 

 

O bom tempo nos ajudava a aproveitar ainda mais cada momento e seguindo para Gallipoli paramos e passeamos na cidade de Specchia, cidade medieval e lá tomamos um delicioso sorvete de pistache na Gelateria Martinucci.

Chegando em Gallipoli, península fundada por gregos no Mar Jonico, avistamos um Castelo Fortaleza construído pelos bizantinos com altas muralhas que descem para o mar de azul turquesa com varias costas (Lido) que nos encantaram como a de San Giovanni até a Punta Suina, locais conhecidos como o Caribe Italiano.

Visitamos ainda no centro histórico, a Igreja de Santa Cristina que foi recentemente restaurada e um “frantoio” antigo (lugar onde é preparado o azeite).

 

 

Demos uma passada na cidade de Manduria e visitamos uma Cooperativa de produtores de vinho típico da região como o Negroamaro e o Primitivo de vários produtores chamada Produttori  Vini  Manduria, onde degustamos vários vinhos e visitamos o Museo local. Foi muito interessante. Meu marido e eu não resistimos a uma foto em meio a tantos barris de vinho!

 

 

A partir daí nossa viagem teve como destino algumas localidades da região da Basilicata onde tenho alguns parentes. Ficamos dois dias em Matera e visitamos cidadezinhas pouco conhecidas  mas acolhedoras que nos proporcionaram belas paisagens e variedades na culinária da região.

Para encerrar nossas férias, saimos da Basilicata e seguimos para a cidade de Trani, outra cidade medieval litorânea, localizada entre Bari e Barletta. Visitamos o porto que era uma antiga fortaleza, a Cattedrale di San Nicola Pellegrino e o Castelo Svevo ambos do século XII. Nos hospedamos no Hotel Convento San Paolo.

 

 

 

Para concluir e dizer algo sobre nossa viagem para a Puglia vou resumir nesta palavra: Fantástica! Cada cidade com uma particularidade, um encanto e uma beleza”.

Bem como eu disse, o roteiro da Emília é muito interessante mas não parou por aqui. A segunda parte do roteiro dela descreve as cidades que ela visitou em Basilicata.

Um agradecimento especial para a Emília que ajudou a enriquecer o blog Vem pra Puglia!

E você, visitou a Puglia recentemente? Se você conhece e seguiu um roteiro criado por você e quiser compartilhar no blog Vem pra Puglia, mande-nos para avaliação. Seu texto com a sua descrição poderá estar entre os próximos roteiros que muitos leitores poderão encontrar neste blog.

Obrigada por visitar o blog Vem pra Puglia!

 

 

One thought on “Roteiro de 15 dias em Puglia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *