Itinerários //

O Litoral de Monopoli

Texto e fotografia de Maria Cristina Recchia

Impossível falar de Monopoli sem pensar nas suas praias. São quase 15 km de costa de um mar irresistivelmente lindo com águas cristalinas e uma paisagem admirável.

Dentre as opções de turismo que Monopoli oferece, sem dúvidas, o seu balneario ocupa o 1° lugar.

 

 

Nos últimos anos, Monopoli  vem sendo premiada, anualmente, com a “Bandiera Blu” (bandeira azul), um prestigioso reconhecimento internacional europeu com suporte e participação de grandes organizações internacionais que se preocupam com o meio ambiente e com o turismo.  A Bandeira Blu é como um prêmio oferecido para as localidades turísticas balneárias que respeitam os critérios relacionados à gestão do território e tem como objetivo principal  defender o meio ambiente.

As praias da zona norte e central da cidade são caracterizadas por rochas baixas. Ao contrario da zona sul onde encontra-se a linda e famosa zona balnearia de “Capitolo” (um do bairros pertencentes às 99 contrade de Monopoli). Nas praias de “Capitolo” é possível encontrar longas praias com areia fina e dourada.

Toda a paisagem encantadora de Monopoli pode ser explorada através de caminhadas, com bike ou com barcos, a escolha é sua.

Monopoli possui muitas praias mas nessa matéria vou mostrar somente algumas com entrada livre, ou seja sem a necessidade de pagamento. Começando pelo norte, quase na fronteira com Polignano a Mare onde encontra-se a praia de “Cala Susca” e “Cala Monaci”. São duas prainhas pequenas com areia e rochas separadas por uma área que serve como estacionamento livre.

 

 

Seguindo em direção ao centro da cidade, minha próxima parada foi na prainha “Cala Porta Vecchia” localizada ao lado do centro histórico de Monopoli, no centro da cidade. Nesta praia, acompanhando a “muralha” que protegia a cidade, existe uma estradinha que foi construida sobre as rochas e no verão nesta estradinha as pessoas se acomodam como podem para curtir um dia de sol.

 

 

Saindo da prainha de “Cala Porta Vecchia” segui pela “Via Procaccia” que é uma avenida rumo a zona balnearia de Monopoli. Umas das prainhas com acesso livre e o inicio desta sequência de paisagens encatadoras é a praia de “Cala Porto Rosso” com areia e rochas.

 

 

Passando a prainha de “Cala Porto Rosso” e prosseguindo Via Procaccia até o final, encontra-se a área de Santo Stefano caracterizada por belas prainhas e pelo “Castello de Santo Stefano” cercado de vegetação inclusive oliveiras seculares. O Castelo junto a paisagem natural dona a este lugar uma extraordinária beleza.

O “Castello de Santo Stefano”  é uma área particular. Para visualizar a beleza que envolve este lugar clique aqui: http://www.monopolitourism.com/tour/castello-santo-stefano/

Nesta zona é fácil encontrar praias a pagamento e convém para quem quiser passar o dia na praia. Elas oferecem restaurante e tudo que for necessário para que você tenha um dia tranquilo na praia. Na maioria, o horário de funcionamento é das 9 às 19 horas e funcionam de maio a setembro.

Passando a área de Santo Stefano e entrando pela estrada SP90 em direção ao sul de Monopoli encontra-se a área balnearia mais frequentada e badalada de Monopoli: “Capitolo”.

Minha primeira parada após alguns minutos de estrada foi na praia de “Cala Torre Cintola” onde é possível encontrar os restos de uma torre de defesa construída no final do século XVI pelo então Imperador Carlo V. É uma área caracterizada por um cenário de rochas calcárias típicas desta região com estacionamento livre e a pagamento.

 

 

A próxima prainha com areia e rochas é “Porto Giardino” que oferece uma parte a pagamento onde é possível ter regalias como cadeiras, espreguiçadeiras e guarda-sol e o restante da praia é livre. Nas suas proximidades além de estacionamento livre ou a pagamento oferece outros serviços como bar e restaurante.

 

 

A poucos metros passando “Porto Giardino”, encontra-se “Le calette del Capitolo” são pequenos canais com areia e rochas. São muito frequentados e visíveis da estrada. Esta área é atendida por transporte público e é possível usufruir de estacionamento livres ou a pagamento nas proximidades, além de muitas opções de bares e restaurantes.

 

 

Passando por “Le calette”, uma longa costa com areia separada por praias com estabelecimentos chamados de “lido” ,  que  oferecem serviços para o conforto de quem fizer uma paradinha para curtir o mar.

 

 

Em Capitolo encontram-se, também, vários hotéis a beira-mar, uma opção para quem gostaria de passar alguns dias em Monopoli.

Nesta área cultiva-se oliveiras, amendoeiras entre outros. A presenza de fenômenos calcários como grutas e rochas garantem um cenário típico que entra em sintonia com outras áreas da Puglia.

Monopoli é uma região que possui um clima favorável, principalmente no verão, onde as apresentações folclóricas e festas típicas fazem dessa cidade um cenário a parte.

Acompanhe o blog Vem pra Puglia! Se você gostou da matéria, compartilhe! Deixe um comentário! Se precisar de algum esclarecimento: pergunte! Você poderá me ajudar a esclarecer dúvidas de outras pessoas interessadas.

 

 

11 thoughts on “O Litoral de Monopoli

  1. Oie, adorei seu blog. Estamos indo para Bari no dia 22 de maio. A água ja vai estar agradável para banho? Estou indo com duas crianças. Beijos

  2. Oi Carolina!!!

    Fico muito feliz que você goste do meu blog!!!
    Como inciante, espero sempre passar uma boa mensagem!
    Então… com relação as praias, preciso de mais detalhes: quando vc pretender vir? Em maio as àguas ainda são geladas mas tudo depende do calor. De junho até, mais ou menos, metade de setembro a temperatura da água é melhor.
    Polignano a Mare tem só prainhas e a maioria com predinhas mas no bairro de San Vito é possível encontrar prainhas com areia e pedra mas como são pequenas estão sempre lotadas. O ideal é chegar cedo para ter lugar.
    Um praia ótima para crianças em Polignano é o Lido San Giovanni mas é a pagamento (e é caro) a não ser que você se hospede no Hotel Castellinaria, porque o Hotel e o Lido são, praticamente, uma coisa só.
    Porém o Hotel Castellinaria está afastado do centro uns 2 km e seria indicado para quem alugar carro.
    Monopoli possui mais praias com areia a partir do centro até o sul da cidade. Principalmente em Capitolo (que é um dos bairros de Monopoli) mas também é mais afastado do centro (melhor ter o carro a disposição se não quiser pagar transfers)
    Estou tentando preparar um video com as praias de Polignano e outro de Monopoli mas estou esperando o tempo melhorar.
    Eu sou sincera com você… não conheço as praias de Bari e sei que muitas delas são de pedras. Vou tentar pesquisar algum video no facebook que fale sobre isso.
    Depois de Monopoli, tem uma série de balnearios com praias bonitas e com areia.
    Você perguntou sobre as praias e espero poder ter ajudado. Se precisar de mais alguma outra informação é só escrever.
    Mais uma vez obrigada!

  3. Olá! Estou pensando em incluir a região da Puglia no meu roteiro em julho desse ano. Amei as informações do blog, muito obrigada! Lendo alguns posts, fiquei com uma dúvida: as cidadezinhas me parecem pequenas e percorridas apenas com caminhada, vi que algumas delas são inclusive interligadas por trem. É possivel passar alguns dias na Puglia apenas com transporte público? Procuro uma região cheia de praias lindas onde o uso de carro seja dispensável… Obrigada!

    1. Olá Isabella, muito obrigada por visitar o blog Vem pra Puglia e desculpe-me a demora em responder a sua pergunta mas não recebi aviso da sua mensagem!

      Infelizmente falhas técnicas acontecem!

      Vamos lá: eu costumo sempre dizer que o carro é uma ótima opção para quem vem visitar a Puglia mas outra opção são os meios de transportes publicos ou transfers.

      A linha de trem que opera em Alberobello, Castellana Grotte e Conversano é diferente da que opera em Polignano a Mare e Monopoli. Se você se hospedar por exemplo em Polignano e quiser ir até Alberobello de trem, teria que pegar um trem de Polignano até Bari Central e de lá pegar outro trem até Alberobello. Esse trajeto de trem duraria mais de 2 horas e de carro você levaria cerca de 30 minutos.

      Uma cidade que posso te indicar cheia de praias lindas onde o uso de carro seja dispensável seria Monopoli, porque lá será mais fácil, inclusive, de encontrar ônibus diretamente cidades como Alberobello e Castellana Grotta. A linha de trem que passa por Polignano e Monopoli podem te levar a Ostuni e Lecce.

      A partir de Lecce sei que tem linhas de ônibus que vão até Otranto mas infelizmente informações mais detalhadas não tenho porque ainda não fui informada sobre o assunto pelo departamento de turismo de Lecce.

      O departamento de turismo de cada região poderá fornecer para todo turista horários e pontos de partidas dos ônibus para as cidades e se precisar é solicitado um taxi.

      Em Polignano, é organizada excursões com transfers para Alberobello e Grotte di Castellana com transfers e o custo é em torno a 80 euros e dura de 4 a 5 horas sendo que só o passeio completo das Grutas é de 2 horas. E as linhas de ônibus que operam em Polignano para outras cidades são mais limitadas com horarios.

      De qualquer forma, nos próximos dias estarei visitando pessoalmente os departamentos de turismo de Polignano e Monopoli para ter mais informações sobre o assunto.

      Estou a disposição caso houver necessidade de maiores esclarecimentos e mais uma vez obrigada por visitar o blog!

  4. olá! estou montando um roteiro pela Puglia de transporte público, com base em Bari, e nas minhas pesquisas, vi que o trem que leva de Bari até Ostuni não deixa no Centro histórico. Você sabe me dizer se tem algum ônibus de Bari até Ostuni, que deixe no Centro histórico?abs.

    1. Olá Leidiane! Obrigada por visitar o blog Vem pra Puglia!
      Ha pouco tempo atras, procurei o departamento de turismo de Ostuni para fazer a mesma pergunta que vc.
      Realmente, o trem não deixa no Centro histórico mas na estação e de lá partem ônibus para o centro histórico de Ostuni várias vezes ao dia. Da estação até o centro histórico é uma caminhada de uns 30 minutos (mais de 2 Km).
      O departamento de turismo de Ostuni me pediu para entrar neste site e ver os horários para o transporte público> http://www.stpbrindisi.it/index.php/ostuni entre no link “linee e orari” na parte de transporte extraurbani.
      Verifiquei e não encontrei nada de Bari para Ostuni, exceto o trem.
      Se você procurar lineas de Brindisi para Ostuni ficará muito mais fácil mas daí vc teria que pegar um trem de Bari até Brindisi e de lá um ônibus até o centro histórico de Ostuni.
      Espero poder ter sido útil. Na necessidade de maiores esclarecimentos escreva-nos!
      Arrivederci!

  5. Obrigada pela ajuda! Se eu tiver mais alguma dúvida no planejamento te pergunto aqui, mas vou explorar bastante seu site!! Vou entrar nesse site pra ver os horários do ônibus e estudar a melhor forma de chegar a Ostuni! ABS.

  6. Ola Cristina! Que demais o seu blog!
    Gostaria de uma sugestão, estaremos chegando na região da Puglia de trem vindo de Roma ( acho que irei a Bari ou Taranto) depende aonde vou me hospedar. A minha volta pra casa sera a partir do aeroporto de Bari.
    Viajo em familia com 2 crianças de 11 e 8 anos, e estaremos apenas s5 dias na região, então não temos tempo de conhecer tudo, temos que meio que escolher alguma pontos ou area pra conhecer, também não somos desesperados para conhecer mil coisas num dia so, somos mais relax.
    Estou planejando alugar um carro, ja que o nosso tempo e pouco.
    Minha duvida é em qual cidade me instalar, Lecce? Bari?
    Quero muito conhecer ALBEROBELLO, Polignano a Mare, e se der Matera.
    Tem alguma dica? Se tiver algum hotel que seja na praia também seria bom unir o util ao agradável.
    Estaremos na Puglia do dia 13 ate 17 de junho.
    Obrigada
    Simone

    1. Olá Simone!

      Primeiramente, muito obrigada por visitar o blog Vem pra Puglia e deixar seu comentário!
      Por favor mande-me seu e-mail no endereço info@vemprapuglia.com para que eu possa dar mais detalhes e sugestões.
      Preciso trocar maiores informações com vc e por aqui ficaria dificil embora fosse útil para outros leitores.
      Teremos que agilizar o seu tempo!
      Aguardo seu e-mail!
      Cristina

  7. Olá Cristina! As suas dicas são muito interessantes… Obrigado desde ja pelo seu excelente trabalho de apoio.
    Eu e o meu namorado vamos para Bari de 21 a 24 de Agosto e iremos ficar hospedados em Catellana Grotte. A nossa duvida é mesmo os meios de transporte !! Queremos conhecer Polignano a Mare, Monopoli, Alberobello… mas qual a maneira mais economica de o fazer? Já pesquisei os aluguer de carros e anda a volta dos 150€/200€ acho um exagero…. e para alem disso vamos andar muito a viajar. São assim tao caros o aluguer de carro? Tem alguma sugestão quanto aos autocarros ou metros de modo a poder vistar todos esses pontos de uma forma mais economica?
    Aguardo o seu e-mail,
    Cumprimentos
    Obrigado :))

    1. Olá Luisa, vou te mandar um e-mail sim mas achei interessante essa informação para outras pessoas.
      Acabei de fazer uma consulta na Hertz e na Europcar e você tem razão mas consultei também a Budget (eles tem uma agência próximo a estação central de Bari) e encontrei bons preços disponiveis.
      Estamos em alta temporada e a procura é maior por isso os carros mais baratos são mais difíceis de serem encontrados.
      Espero poder ter ajudado você e outras pessoas!
      Abraços e muito obrigada por visitar o blog Vem pra Puglia!
      Cristina

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *