Curiosidades //

A Festa de San Vito

Texto e fotografias de Maria Cristina Recchia

Eu não poderia inaugurar o blog sem escrever sobre a festa mais esperada da cidade: A  festa de São Vito!

A festa do Padroeiro e protetor da cidade de Polignano a Mare acontece, todo ano , nos dias 14, 15 e 16 de junho e a cidade é preparada para este evento em grande estilo.

 

Nestes dias se respira uma atmosfera intensa para quem vive aqui e vê a cidade transformada com as luminárias que enfeitam as ruas e a praça principal que dispõe num palco várias orquestras que se revesam para dar espaço a grandes músicas clássicas conhecidas mundialmente.

Imperdível é o grande espetáculo com fogos de artifício e, para o entretenimento de crianças e adolescentes, um grande parque de diverções, chamado Luna Park que fica instalado na área do “lungomare”.

A tradição faz com que os açougueiros da cidade montem externamente grandes churrasqueiras cercadas por mesinhas onde é vendida a carne arrostita (churrasco). O perfume do churrasco invade a cidade!

 

 

Muitas barracas para venda de vários artigos são montadas ao longo da rua principal da cidade e nas proximidades da praça encontram-se várias barracas que vendem desde  frutas secas até as mais variadas qualidades de azeitonas.

Mas o mais importante é quando no final da tarde do dia 14 de junho, sobre uma balsa decorada com flores, luzes e bandeirinhas, a imagem de São Vito  percorre, numa procissão seguida por tantos outros barcos  toda a costa da cidade  até a pequena ilha do “scoglio dell’Eremita”.

 

Fotografia de Antonella Giuliani

A procissão é finalizada na praia de “Cala Paura”, com a queima de fogos de artifício e uma grande recepção em homenagem à imagem com a presença de autoridades municipais, habitantes, pelegrinos e turistas.

 

 

 

 

 

No momento em que o Santo é colocado em terra firme e carregado nas costas dos fiéis, como sinal de devoção,  sobre um lindo palco dourado, dá-se assim início à procissão pelas ruas de Polignano a Mare até a praça Vittorio Emanuele II, no centro histórico onde é preparado um altar onde o Santo ficará exposto nos dias de festa.

 

 

 

O evento é finalizado  no dia 16 quando a imagem de São Vito desce do altar e é colocada novamente dentro da Igreja Matriz.

 

 

É o evento mais importante e solene da cidade e todos os habitantes vivem os preparativos com muita alegria e ansiedade. Tudo é preparado com muita atenção nos mínimos detalhes e nestes dias, a cidade recebe muitos pelegrinos e turistas provenientes de muitas regiões.
São Vito não é venerado somente em Polignano a Mare e em Mazara del Vallo (cidade onde nasceu no ano de 286 na Sícilia), mas também em outras cidades da Itália, no Brasil e do Mundo. É um Santo católico que viveu durante a perseguição aos cristãos e morreu como mártir da Igreja pelas mãos dos Imperadores Diocleciano e Maximiano.
Acompanhe o blog Vem pra Puglia para saber mais detalhes!

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *